19 de maio de 2014

L'Esprit de la Mer em Lisboa

Sábado passei a tarde no encontro da Kinfolk organizado pela De Alma e Coração e servido pelo Sebastião.

Na semana passada tinha recebido um mail a explicar que a ideia era um piquenique na praia, descontraído e simples, e a sugerir não levarmos máquina fotográfica para aproveitar melhor o momento. Ver com os olhos e não com a lente. Achei bem.

Vou-vos contar como foi, para mim, esta tarde.

Uma coisa que deviam saber sobre mim é que sou extremamente desorientada. A minha Mãe é uma bússola mas eu não tenho essa sorte, vou sempre (mas sempre) para o lado contrário. Isto para dizer que me perdi no caminho, demorei uma eternidade a chegar ao ponto de encontro, desesperei, pensei em desistir, mas finalmente cheguei, já muito depois da hora marcada. A outra característica que interessa para esta história é que sou muito tímida, custa-me imenso meter conversa com pessoas que não conheço. Ou seja, quando cheguei ao local marcado, vinha enervada e ansiosa, sem me lembrar porque me tinha inscrito.
Mas decidi acalmar-me e aproveitar a tarde. Sair da zona de conforto, arriscar.

Começámos com um passeio por entre as camarinhas, os arbustos, os pinheiros e, de repente, uma vista linda sobre o Mar.
Cá em baixo, numa duna, uma tenda feita de troncos e com um grande pano branco. Quando lá chegamos, somos recebidos pelo Sebastião, que nos convida a beber uma sangria fresca, óptima, e a aproveitarmos as sombras que por ali há. Vai-nos falando do que vamos comer e começa a mostrar as pastas de azeite por cores - vermelha, cor de rosa, e verde,  (beterraba, tomate e malagueta e ervas aromáticas, lindas e deliciosas) que são barradas em pão do Oeste, da salada de feijões com atum e agrião ou da de brócolos, espinafres e grão. Mostra-nos os peixes fresquíssimos e as batatas que serão servidas com molho de iogurte e pepino.

O Sebastião é uma festa! Fala da comida que faz com paixão e boa disposição e mete conversa com todos, o que (me) ajuda a conhecer as outras pessoas e a ir ter com elas.
Passado uma hora já não me lembro do stress da viagem nem da ansiedade provocada pela timidez. Estamos todos à conversa à volta da mesa que, aliás, é linda na sua simplicidade. Duas tábuas de madeira decoradas com velas dentro de frascos, molhos de rabanetes, ramos de ervas da zona, e frascos de vidro. Um encanto.

A certo ponto, o Sebastião pede-nos uns minutos de silêncio... ouvir melhor o mar, ver melhor o que nos rodeia e sentir os sabores que nos eram oferecidos. É verdade que passamos a vida a correr e a falar e aqueles minutos de silêncio foram essenciais para parar e aproveitar.

No fim da refeição, uns morangos da Quinta do Arneiro. Não estou a exagerar quando vos digo que foram simplesmente os melhores morangos que comi nos últimos tempos. E de seguida, um brownie de chocolate da Sanda. Perfeito! A sobremesa foi acompanhada do pôr do sol. Daquele pôr do sol, sabem? Aquele  em que se vê cada milímetro de sol a ir-se embora e que deixa o céu com rasgos de laranja e cor-de-rosa...

Depois do sol se pôr despedimo-nos uns dos outros. Não conhecia ninguém quando cheguei, naquela tarde, mas saí com pena de não continuar a conversa. É que com a ajuda da Rita e do Sebastião, criou-se ali um sentido de grupo e comunidade que é tão fomentado pelo espírito Kinfolk.

Foi muito bom. Voltei para casa em silêncio, descansada e cheia de vontade de ser mais criativa e de viver a vida com mais calma.

Obrigada ao Sebastião e a toda a equipa De Alma e Coração por um fim-de-tarde tão especial.

ps: estou desejosa de ver as fotografias que foram tiradas ao longo da tarde... 
  

4 comentários:

  1. Deve ter sito maravilhoso pela belíssima descrição que fizeste :)
    Eu penso sempre que não sou suficientemente cool e que a "tribo" da Kinfolk é doutra divisão ! Por isso nem me atrevo a participar :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas que pena! É que o espírito da Kinfolk (acho eu) não tem a ver com ser cool (que eu também não sou), mas com aproveitar a simplicidade e a beleza da vida! Da próxima vez tem que se inscrever!!

      Bj

      Eliminar
  2. Que texto lindo Marta...Consegui ver com as tuas palavras, esse momento MARAVILHOSO!!!

    lovemagentablog

    ResponderEliminar
  3. Não posso falhar o próximo... Esta minha timidez que não me deixa saltar a cerca...:(

    ResponderEliminar

 
Its Monday But Its Ok! © 2013.

Design by The Blog Boat